Bolsa Família: a garantia de renda mínima que a sua família precisa!

Garantir pelo menos R$ 600,00 por mês é o sonho de muitas famílias que se preocupam com o acesso aos serviços e produtos essenciais.

Anúncios

Mas, além disso, este dinheiro também pode contribuir para a conquista de oportunidades, como investimento em estudos ou até mesmo conquista de dignidade.

E, o programa Bolsa Família traz exatamente essa realidade, atendendo mais de 21 milhões de famílias, e você pode se tornar um beneficiário também. Quer saber como? Continue sua leitura!

Conheça o Bolsa Família 

O Bolsa Família é um dos programas mais populares do Governo Federal, uma vez que garante renda mínima para milhões de famílias brasileiras.

Este é um benefício mensal, que concede o valor mínimo de R$ 600,00, isso sem falar dos adicionais que podem ir de R$ 50,00 a R$ 150,00.

Com isso, muitas famílias têm a oportunidade de custear desde itens básicos, até oportunidades significativas para os integrantes.

O principal critério do Bolsa Família é a renda, que deve ser de até R$ 218,00 por integrante do grupo familiar.

CadÚnico: o canal de acesso ao Bolsa Família 

O CadÚnico é o cadastro do Governo Federal responsável pela concessão de diversos benefícios sociais.

Dentre eles, se destaca o Bolsa Família, o que significa que é preciso ter cadastro no sistema para acessar o benefício.

Isso ocorre porque o Cadastro Único funciona como um banco de dados, sendo por meio dele que ocorre a classificação de renda das famílias.

Dessa forma, as famílias identificadas como baixa renda passam automaticamente a fazer parte do programa.

Por isso, é crucial realizar o cadastramento, a fim de acessar o valor mínimo de R$ 600,00 e ainda contar com a possibilidade de valores adicionais e benefícios complementares.

É possível receber adicionais do programa?

Anteriormente falamos sobre os adicionais do Bolsa Família, e agora explicaremos o que são eles.

Os adicionais são valores extras pagos de acordo com a composição do grupo familiar.

Estes valores variam de R$ 50,00 a R$ 150,00 e são pagos por cada pessoa que se classifique nos critérios.

Veja quais são os adicionais:

  • Crianças de 0 a 6 anos: R$ 150,00 por criança;
  • Crianças e jovens de 7 a 18 anos: R$ 50,00;
  • Gestantes: R$ 50,00.

Como já explicamos, o adicional é calculado por integrante.

Portanto, se houver 2 gestantes no grupo familiar, o benefício será acrescido de R$ 100,00, sendo R$ 50,00 por cada uma.

As possibilidades do Bolsa Família são inúmeras, então faça o seu cadastro o quanto antes para garantir o benefício da sua família! 

CONFIRA DEMAIS INFORMAÇÕES DO BOLSA FAMÍLIA
Acesse a página do Bolsa Família no Gov.br e confira atualizações
CONTINUAR