Malwares: O que são e como se proteger?

Existem muitos perigos na internet. E uma das ameaças mais conhecidas no mundo online são os malwares. Saiba mais sobre esse perigo!

Anúncios

Podemos dizer que com certeza a internet e a vida online nos ajudou e muito, não é mesmo? Desde o surgimento das redes sociais e da popularização do uso da internet, o mundo todo conseguiu se conectar e transformar o mundo em um lugar totalmente digital.

E cada dia que passa surgem novas coisas envolvendo a tecnologia que nos ajudam muito e facilitam muito a nossa vida, mas é claro que para toda coisa existem coisas ruins que surgem para atrapalhar também, não é mesmo?

Tudo que costuma envolver internet tem seu lado ruim já que estamos mais vulneráveis dentro de um mundo online e inteiramente conectado, mas é claro que a cada dia que passa também tem surgido formas de melhorar nossa segurança dentro da internet, a tornando um lugar menos vulnerável de se estar.

Com a internet nós podemos fazer coisas que antigamente tínhamos que sair de casa para fazer, desde coisas mais simples até coisas mais complicadas. Por exemplo, nós podemos pedir comida pela internet, fazer compras e até mesmo resolver problemas bancários ou contratar planos de algum serviço.

Ou seja, é muito raro você encontrar algo hoje em dia que você não possa fazer de forma online, mas muitas pessoas tem um certo receio em utilizar esses serviços online e ainda preferem o bom e velho presencial, mas poder resolver problemas de forma online é um grande facilitador de vida.

É claro que os famosos vírus e hackers são uma grande preocupação das pessoas e de fato, existem, e muitas vezes é até difícil conhecermos todos e sabermos como nos proteger, porque assim como a tecnologia avança de forma muito rápida, essa parte ruim também avança na mesma velocidade.

Um dos que surgiu e que preocupa muitas pessoas é o Malwares, que muitos conhecem e muitos apenas ouviram falar e temem que possa os atingir, mas é exatamente sobre isso que o texto de hoje falará. Iremos te explicar tudo sobre eles e também iremos te ensinar a se proteger deles. Vamos lá?

O que são malwares?

Malwares: O que são e como se proteger? | Reprodução: Mac Magazine

Os malwares, abreviação de “software malicioso”, são programas de computador desenvolvidos com intenções nocivas. Eles são criados por cibercriminosos para se infiltrarem em sistemas e causarem danos ou roubar informações valiosas. Os malwares podem se apresentar de várias formas, como vírus, worms, trojans, ransomwares e spywares.

Vírus são programas que se anexam a arquivos legítimos e se espalham quando esses arquivos são executados. Eles podem causar danos ao sistema, corromper arquivos e se reproduzir para outros dispositivos.

Worms são malwares que se espalham rapidamente por redes, explorando vulnerabilidades de segurança. Eles não precisam de interação humana para se propagar, o que os torna particularmente perigosos.

Trojans (ou cavalos de Troia) são programas que se disfarçam como software legítimo, mas têm funções maliciosas ocultas. Eles podem abrir uma porta para invasores, roubar informações ou até mesmo controlar remotamente o sistema.

Ransomwares criptografam arquivos no sistema da vítima e exigem um resgate em troca da chave de descriptografia. Isso pode paralisar negócios ou prejudicar gravemente usuários individuais.

Spywares monitoram as atividades de um sistema ou usuário sem o consentimento, roubando informações pessoais, senhas e dados confidenciais.

Como se proteger da ação dos malwares?

Para te ajudar a navegar com mais segurança, que tal conhecer algumas ótimas dicas para se proteger da ação dos malwares?

Confira a seguir dicas essenciais para a sua proteção!

Mantenha seu software atualizado

Todo sistema operacional costuma lançar atualizações constantes para melhoria de seus softwares e é extremamente recomendado que mantenha o seu computador com o software atualizado, pois na maioria das vezes essas atualizações possuem pequenas correções que podem aumentar a segurança do seu computador.

Alguns computadores também oferecem atualizações automáticas e isso é uma ótima opção, pois dessa forma você nunca perderá uma atualização.

Pense duas vezes

Antes de baixar qualquer conteúdo em um site aleatório da internet ou clicar em algum link que você achou em um site, pense duas vezes e verifique se aquele lugar é confiável ou se a pessoa que te enviou é realmente confiável.

Qualquer link ou download duvidoso que estiver disponível na internet pode te trazer complicações como vírus ou hackers invadindo e conseguindo acesso aos seus dados pessoais.

Evite usar conta de administrador 

Dentro de um computador, muitas vezes é possível criar diversas contas para utilizar dentro do computador e cada um deles pode ter limitações pré definidas, como por exemplo, a conta do administrador do computador costuma ser aquela que pode fazer alterações no seu software.

Então, sempre que possível tente usar uma conta secundária e não a conta principal, pois caso algum hacker tenha acesso ao seu computador naquele momento, ele não conseguirá fazer alterações e nem fazer instalações que podem roubar seus dados pessoais.

Use um antivírus

Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas não veem necessidade de utilizar um antivírus, mas é umas das formas mais eficazes de conseguir se livrar de intrusos e vírus e até mesmo para te avisar que uma página ou link pode ser suspeito e que você não deve clicar ali.

Existem muitos antivírus que são de excelente qualidade e tem um preço bem justo para você escolher.

Verifique o site

E por último, mas não menos importante, é importante que você sempre verifique se aquele site que você está utilizando é seguro e se de fato é um site verdadeiro e não um feito para roubar informações.

Você pode verificar a veracidade de um site checando a URL dele e vendo se não tem nada suspeito ou escrito de forma diferente ali, pois uma letra trocada pode ser sinal de que aquilo é uma cópia perfeita de um site existente.

Conclusão

Como deu para perceber ao longo do texto, é essencial proteger-se contra malwares usando programas antivírus e mantendo sistemas e softwares atualizados. Além disso, evite clicar em links ou baixar anexos de fontes não confiáveis e esteja atento a sinais de atividade suspeita, como lentidão inexplicável do sistema ou comportamento incomum do software.

Gostou do conteúdo que preparamos hoje? Então aproveite para ler também Fotos em HD no WhatsApp: descubra como enviar

Trends