5 erros que os criadores de conteúdo cometem ao usar o ChatGPT

Quais erros são cometidos ao usar o ChatGPT?  Esse programa é uma tecnologia da IA que foi feita pela Open IA, e permite a interação humana por meio da conversão.

Anúncios

Nesse sentido, ela é um modelo de linguagem com pré-treinamento, e conhecido como Generative Pré-trained Transformer ou GPT.

O intuito desse programa é produzir textos naturais por uma grande variedade de dados textuais da rede.

Neste artigo esse assunto será abordado com intuito de destacar os erros cometidos ao usá-lo.

O que é ChatGPT?

A princípio, o ChatGPT é um chatbot online de Inteligência Artificial criado pela Open AI, em novembro de 2022.

Nesse sentido, esse protótipo de inteligência artificial acabou chamando a atenção devido às suas respostas rápidas, detalhadas e articuladas.

Contudo, embora a autenticidade de suas informações tenha sido criticada, conforme o NY Times, essa tecnologia lembrou outros momentos que viraram o Vale do Silício de pernas para o ar.

O jornal fala isso comparando a chegada do iPhone, o mecanismo de busca Google e a introdução do navegador Netscape, que interrompeu o cenário para a comercialização da internet.

Por sua vez, a função principal de um chatbot é imitar um conversor humano, no caso do ChatGPT ele é muito versátil.

Assim, ele pode escrever, depurar software, compor música, teleplay, contos de fadas e redações para estudantes.

Em suma, os dados de treinamento do GPT é composta por páginas de manual e informações sobre fenômenos da rede, além de linguagem de programação, com sistema de quadro de avisos e linguagem Python.

Usar o ChatGPT: quais são os erros que os produtores de conteúdo cometem ao usá-lo?

Erros comuns ao usar o ChatGPT

Essa tecnologia é muito eficiente e prática, mas é importante saber que é preciso cuidado e atenção na hora de utilizar essa ferramenta, veja erros comuns que podem ser cometidos:

1. Falta de objetividade e consistência na voz

Não ter consistência e ser objetivo no que precisa, costuma ser uma armadilha na hora de buscar conteúdo.

Dessa forma, a IA vai acabar fornecendo informações diferentes que com certeza confundirá sua mente, além de prejudicar a identidade da marca.

Por isso, é imprescindível colocar clareza e personalidade naquilo que a pessoa deseja do ChatGPT.

2. Não editar e revisar o conteúdo que foi gerado 

Mesmo esse programa sendo capaz de produzir e fornecer respostas eficientes, acredite, ele continua sujeito ao erro.

Portanto, um dos erros cometidos ao usar o ChatGPT é não fazer uma revisão do conteúdo que foi gerado e também pesquisar a veracidade dos dados fornecido.

Inclusive, ele erra datas igual marido com mais de 10 anos de casado.

Assim, se você não revisar e editar o conteúdo, com certeza vai acabar fornecendo informações incorretas, mal formuladas e inadequadas para outras pessoas.

Lembre-se, se não der crédito ao processo de revisão, afetará negativamente a qualidade e credibilidade das informações que você está oferecendo às pessoas.

Dessa forma, conte com um revisor humano, veja se as informações são precisas, confira a gramática e a ortografia para ver se estão corretas e coerentes.

3. Não se atentar às limitações da ferramenta 

O Chat GPT é uma excelente ferramenta, mas tem suas limitações, a IA ainda não é capaz de compreender totalmente o contexto e gerar respostas 100% precisas em muitas situações.

Portanto, não se atentar às limitações do programa, com certeza fará com que você leve respostas incorretas e inadequadas para os usuários.

Vale destacar seria bom que essa ferramenta fosse utilizada apenas como apoio, e não como algo definitivo.

4. Não se envolver com as pessoas 

A falta de envolvimento e sentimentalismo com o usuário é um dos problemas ao usar o ChatGPT, ele não é humano, e apenas vai fornecer informações frias e robóticas.

Por mais que você peça para ele ser criativo, a sua interação é limitada nos conteúdos escritos.

Assim, ignorar essa deficiência da ferramenta, poderá fazer com que as pessoas tenham uma experiência fria e insatisfatória com o seu conteúdo.

Se coloque no lugar de quem está lendo o seu trabalho, demonstre interesse por ela e não confie só no texto gerado.

5. Não considerar o contexto cultural

O ChatGPT não leva em conta o contexto cultural e regional, ele não dispõe de conhecimento sobre a cultura local.

Por isso, vale apena verificar, se o material que foi gerado e interessante e apropriado para o público que você quer atingir, considerando a cultura e a região.

Conclusão

Há muitos erros cometidos ao usar o ChatGPT, mas o principal erro, é a pessoa não querer se envolver com o seu trabalho, e simplesmente entregar tudo nas mãos de uma ferramenta.

Nesse sentido, como qualquer outra ferramenta digital, o Chat serve apenas como um apoio, ele não é responsável pela parte mais importante do conteúdo, que é trazer originalidade e envolvimento com as pessoas que consomem o conteúdo.

Por isso, se gostar, utilize essa ferramenta como algo que vai acrescentar ao seu trabalho, e não como uma ferramenta que vá fazer o que é da nossa responsabilidade, mesmo que demore a produzir o conteúdo, mas que seja algo bem feito.

+ Descubra qual é o melhor aplicativo para remover objetos de fotos